quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Vivo ou morto? Filosofando na madrugada

Olá queridos leitores,

Tenho algumas postagens paradas e sei que estou devendo mais atualizações nas postagens, mas precisava desabafar um pouco...

....

Eu tenho a natureza analítica e naturalmente crítica e entendo que preciso atrelar as duas coisas á ação.

A nossa vida sem ação passa ao sabor do vento e ficamos sem rumo mediante as coisas que acontecem; mergulhados em uma piscina de inércia. Petrificados, vemos as coisas acontecerem a nossa volta e nem sequer participamos do movimento natural delas. Quem dera acordássemos para não somente fazer parte, o que já seria de grande valia, mas para também para darmos rumo e fazermos a diferença em algumas coisas. O mundo está carente de pessoas que fazem, que pensam, que tem atitude.

O que quero dizer na verdade, trazendo para o sentido que me diz respeito e que é o assunto principal dos meus " escrevetes", é que nós lemos muitas coisas, ouvimos tantas pregações, participamos de cultos e mais cultos, e no final o resultado de todas as ações que tomamos se torna tão insignificante que nem nos damos conta que vivemos uma rotina sem resultados, e estamos nos alinhando cada dia mais aos costumes e religiosidades que tanto pregamos contra.

Deixamos de ser praticantes para sermos leitores, escutadores e consequentemente pessoas que ficam estancadas, olhando para a vida como se ela tivesse um véu intransponível.

Eu quero te lembrar que voce não está morto. Ainda dá tempo de abrir a sua boca e deixar a voz sair! Ainda é momento de tomar atitudes que fazem a diferença! Dá um grito aí meu irmão! Sai do casulo! O país é democrata. Jesus ainda salva! Dá uma mexidinha aí pra eu ver que voce está vivo, por favor!

Eu preciso saber se voce ainda se importa com alguma coisa, que ainda carrega um caráter, uma boa mente,   que ainda zela por "Um Nome" que não é seu.

Sinceramente estou cansado de ver aquele monte de evangélicos fazendo as mesmas coisas, pregando as mesmas palavrinhas decoradas, sem nexo, sem ação, sem Espírito, fisgando aqueles sem firmeza nos pés, e voce aí... com essa cara de pamonha insossa, só olhando, ouvindo e empurrando com a barriga como se nada estivesse acontecendo.

Dá uma olhadinha no espelho e veja se alguma coisa ainda se mexe... se perceber que está muito gelado é melhor deitar na rua porque alguém te acha, e te enterra de uma vez.. mas se ainda existe um pouco de vida dentro de tí, por favor, lute!! Não se permita ser mais um. Deus te fez com tanto carinho pra voce resolver estragar tudo não fazendo nada... não vivendo nada... sendo um nada....

Aprenda a dar ouvidos ao que importa, aprenda a viver aquilo que importa realmente, busque conhecimento de Deus, saia desse limbo de ignorância. Assim como em um relacionamento precisamos conhecer com intimidade aquele que está ao nosso lado, procure conhecer verdadeiramente o Deus que voce diz servir.

Lembre-se que antes voce era apenas um servo e hoje Ele te chama de amigo e compartilha contigo todas as coisas, todo o conhecimento e tudo que é mais íntimo. Voce não pode ser mais um qualquer, obsoleto, sem sal e sem conhecimento.

O mundo é movimentado por pessoas que são e estão incomodadas e não ficam a espera de algo acontecer naturalmente, mas vão ao encontro de situações que possam mudar as coisas a sua volta.
Esses são os revoltados com as mesmices, revoltados com os sistemas, inconformados com sua própria vidinha cômoda.
Se a vida que voce leva não incomoda alguém algo está errado. Pessoas vivem que intensamente incomoda os outros. Gente que se movimenta demais atrapalha aqueles que querem ficar "parados".

Este é o momento em que deveria se perguntar se realmente voce tem vivido ou se tem se deixado levar pela vida! Porque cá entre nós, viver somente por viver não tem graça nenhuma!

Por isso, saia do casulo, aproveita o momento e abra as asas para um voo que vai te levar além do seu porto seguro.

"Se" voce permitir, Deus te guiará...

Shalom Adonai,

Cesar Vitoriano